Go to Top

As férias são de quem?

Esta é uma pergunta pertinente para a maioria dos pais. Muitos pais e mães têm filhos que terminam as aulas dois meses antes das suas férias começarem, vão de férias para locais onde as crianças se sintam bem acolhidas, fazem actividades pque não são para a sua idade, assistem a filmes para crianças, jantam em restaurantes para crianças… então e o descanso, a quebra de rotinas e o repor de energias das férias dos adultos onde fica?

Sim, sabemos que muitos pais dirão que mesmo com as férias centradas nos filhos se divertem, aproveitam e retemperam-se. Para os outros, que, muitas vezes, acabam as férias a precisar de férias das férias, deixamos algumas ideias:

– Uma parte das férias sem os filhos é uma opção válida para muitos pais – como poderia ser?

– Conhecemos uma mãe que, quando o filho de meses começou a frequentar as férias, optou por ter uma semana de férias com o marido – em casa! Não precisamos de ver as actividades de férias como uma opção para quando estamos a trabalhar: deixe lá os seus filhos de manhã, vá o dia de férias e volte para os buscar!

– Passar férias com amigos: ainda há poucos dias uma mãe me dizia que passou uma semana de férias com dois casais: seis adultos e seis crianças: todos tiveram momentos em família, em casal, sozinhos ou os doze! Diversão e descanso para todos!

– Passar férias em casa da família ou dos amigos que moram no campo: as tias-avós ficam sempre felizes por ter crianças lá em casa e dá até para saídas à noite e passeios sem crianças;

– Uma ideia engraçada pode ser envolver os miúdos em actividades de adultos: vai visitar um museu ou aprender a pintar? Fazer uma caminhada? Leve-os consigo e deixe-os experimentar como se fossem adultos – pode ser importante ter um plano B para as impaciências, desistências e cansaços, mas valerá a pena serem adultos por um dia…

Antes de mais lembre-se da máxima mais importantes de todas: quando cuidamos de nós cuidamos da família!